BRASIL NA COPA

 BRASIL NA COPA

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos | [ Descendente ]

04 - APRESENTAÇÃO E PREFÁCIO 04 - APRESENTAÇÃO E PREFÁCIO

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 157 kB
Downloads: 1118

APRESENTAÇÃO

PIRES, Giovani de Lorenzi; Apresentação. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

Em nome dos pesquisadores associados ao LaboMidia/UFSC – Laboratório e Observatório da Mídia Esportiva, temos a grata satisfação de apresentar à comunidade acadêmica da Educação Física, esporte e lazer mais uma obra coletiva desse grupo.

 

--------------------------------------------------------------------------------------

 

PREFÁCIO

MOREL, Márcia. Prefácio. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

A cada ciclo de quatro anos a Copa do Mundo desperta um interesse recorrente sobre o fenômeno esportivo. A consolidação em torno dessa disputa como um acontecimento mundial tem sido acompanhada pelas diversas mídias e desencadeia múltiplas manifestações. Entretanto, a empreitada atual versa sobre uma possível plataforma de lançamento na Copa da África do Sul em 2010, para a Copa no Brasil, em 2014.

07 - CAPÍTULO 2: Polifonia e mídias urbanas: O agendamento da copa de 2014 na cidade de Florianópolis 07 - CAPÍTULO 2: Polifonia e mídias urbanas: O agendamento da copa de 2014 na cidade de Florianópolis

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 1.04 MB
Downloads: 1150

BITENCOURT, Fernando Gonçalves, et al. Polifonia e mídias urbanas: o agendamento da Copa de 2014 na cidade de Florianópolis. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

No pequeno livro “As Cidades Invisíveis”, Italo Calvino (1990) narra as cidades que o aventureiro Marco Polo descreve para Kublai Khan, fruto de suas viagens (possíveis e imaginadas) pelo vasto reino do “Grande Khan” e em terras além. Cidades de nomes exóticos, femininos – Sofrônia, Armila, Zenóbia, Isaura, Zirmia. Cidades mulheres se criam no ermo, no deserto e na poeira, às margens de rios, suspensas e subterrâneas. São cidades “ocultas”, dos “mortos”, “delgadas”, “celestes” ou “contínuas”...

03 - PRÉ-EDITORIAIS 03 - PRÉ-EDITORIAIS

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 01/11/2012
Tamanho: 269.96 kB
Downloads: 1173

06 - CAPÍTULO 1: Quadro teórico-conceitual de referência: megaeventos e o agendamento midiático-esportivo 06 - CAPÍTULO 1: Quadro teórico-conceitual de referência: megaeventos e o agendamento midiático-esportivo

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 394.77 kB
Downloads: 1572

MEZZAROBA, Cristiano; MESSA, Fábio de Carvalho; PIRES, Giovani de Lorenzi; Quadro teórico-conceitual de referência: megaeventos e o agendamento midiático-esportivo. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

Desde 2007, com a organização dos Jogos Pan-americanos, na cidade do Rio de Janeiro, o Brasil tem se destacado no cenário mundial no que se refere aos grandes eventos esportivos, por aqui chamados de “megaeventos”, por ter conquistado o direito de sediar, em 2014, a Copa do Mundo de Futebol (e com isso, em 2013, a Copa das Confederações, um torneio preparatório para o evento maior), e em 2016, os Jogos Olímpicos e Para-Olímpicos, na capital fluminense.

05 - INTRODUÇÃO 05 - INTRODUÇÃO

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 242.49 kB
Downloads: 1616

LABOMÍDIA/UFSC. Introdução: o tema, sua importância e a sua problematização. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

A cada quatro anos, o Brasil se descobre mais patriota e orgulhoso da sua brasilidade, vestindo-se de verde e amarelo para torcer pela Seleção Brasileira de Futebol. São momentos importantes para reafirmar nossa identidade nacional. Como afirma Bitencourt1, “é na seleção brasileira de futebol que nosso pensamento sobre nós mesmos é levado ao extremo. É esse o espaço no qual nossa identidade vai ser debatida, inventada e construída. A seleção é a representação de nossas representações sobre nós mesmos”. Neste sentido, a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil, será para os brasileiros um evento ainda mais especial.