Artigos publicados em periódicos

Acesso aberto aos artigos publicados pelos integrantes do LaboMídia em 2015.

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos | [ Descendente ]

Megaeventos esportivos e educação física: estudo no Facebook com professores em formação inicial. Megaeventos esportivos e educação física: estudo no Facebook com professores em formação inicial.

hot!
Adicionado em: 19/05/2016
Date modified: 19/05/2016
Tamanho: 337.73 kB
Downloads: 592

SANTOS, S. M. ; PIRES, G. L. . Megaeventos esportivos e educação física: estudo no Facebook com professores em formação inicial. Pensar a Prática (Online), Goiânia, v. 18, p. 1-14, 2015.

No momento esportivo de realização de grandes eventos, a preocupação com suas  implicações à cultura esportiva do País tornou-se pauta importante para estudos acadêmicos. O objetivo dessa pesquisa foi compreender como professores de Educação Física em formação inicial interagem com o discurso midiático-esportivo sobre megaeventos, no âmbito da convergência digital dos meios. Foi um estudo observacional-descritivo, com cinco estudantes da licenciatura em Educação Física da UFSC. A investigação aconteceu em dois cenários: 1) online, no Facebook; e 2) offline, com questionários e entrevista. Os sujeitos apresentaram uma perspectiva crítica sobre a temática, mas demonstraram dificuldade teóricas e práticas da área.

O papel da mídia sergipana nas estratégias de agendamento na mobilização da dialética global-local a partir de uma situação concreta: as Olimpíadas/2012. O papel da mídia sergipana nas estratégias de agendamento na mobilização da dialética global-local a partir de uma situação concreta: as Olimpíadas/2012.

hot!
Adicionado em: 19/05/2016
Date modified: 19/05/2016
Tamanho: 280.03 kB
Downloads: 603

MEZZAROBA, Cristiano et al. O papel da mídia sergipana nas estratégias de agendamento na mobilização da dialética global-local a partir de uma situação concreta: as Olimpíadas/2012. Motrivivência, v. 27, n. 44, p.64-78, 4 maio 2015. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). DOI: 10.5007/2175-8042.2015v27n44p64. 

Com os megaeventos esportivos acontecendo no Brasil (Jogos Pan-americanos 2007; Copa das Confederações 2013; Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas/Paraolimpíadas 2016), visualizamos um período profícuo e instigador para pesquisas em torno deste objeto, concentrando nosso olhar para as Olimpíadas de Londres/2012. A exaltação do fenômeno esportivo trouxe, nesta pesquisa, as diversas faces que a mídia pode apresentar-se e associar-se (no tocante à economia, cultura, política, educação etc.). Nosso objetivo foi analisar como a mídia no estado de Sergipe antecipou e deu visibilidade às Olimpíadas/2012, construindo um “agendamento midiático-esportivo”, a partir da estratégia da mobilização da dialética global-local. De cunho qualitativo e de caráter descritivo-exploratório, a pesquisa desenvolveu-se em três eixos: mídia impressa, digital e televisiva – que permitiram evidenciar a baixa efetivação da estratégia de agendamento e da dialética global-local, seja em virtude do amadorismo das entidades jornalísticas, seja, principalmente, sergipanos na competição.

Mídia, esporte e cultura esportiva: um ensaio com a teoria das mediações culturais de Jesús Martín-Barbero Mídia, esporte e cultura esportiva: um ensaio com a teoria das mediações culturais de Jesús Martín-Barbero

hot!
Adicionado em: 19/05/2016
Date modified: 19/05/2016
Tamanho: 706.06 kB
Downloads: 607

SANTOS, Silvan Menezes. Mídia, esporte e cultura esportiva: um ensaio com a teoria das mediações culturais de Jesús Martín-Barbero. Revista Tempos e Espaços em Educação, v.8, n.17, set./dez. 2015.

 

Este ensaio teve o objetivo de provocar o pensamento acerca da cultura esportiva na perspectiva dos preceitos teórico-metodológicos do “mapa das mediações culturais” de Jesús Martín-Barbero. Vista a complexidade e as peculiaridades que cercam o fenômeno esportivo como objeto midiático e comunicacional da contemporaneidade, a teoria se apresenta capaz de problematizar o fenômeno abrangendo as dimensões mercadológicas das instituições envolvidas, as socializadoras das interações sociais que se estabelecem, as estratégicas das narrativas midiáticas construídas e as simbólicas das diferentes culturas em que se apresenta. Desde que sejam trabalhadas as diferentes mediações conjuntamente, sem esquecer do diacronismo e do sincronismo concernente à proposta analítica, os elementos mediadores da institucionalidade, da socialidade, da tecnicidade e da ritualidade aparecem como aporte coerente e coeso para o trato das manifestações do esporte como um bem cultural e um fenômeno comercial e midiático.

A cobertura jornalística da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e a repercussão na rede social Twitter. A cobertura jornalística da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e a repercussão na rede social Twitter.

hot!
Adicionado em: 19/05/2016
Date modified: 19/05/2016
Tamanho: 310.2 kB
Downloads: 700

PEREIRA, Rogério Santos et al. A cobertura jornalística da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e a repercussão na rede social Twitter. Motrivivência, Florianópolis, v. 27, n. 45, p. 154-171, set. 2015. ISSN 2175-8042. doi:http://dx.doi.org/10.5007/2175-8042.2015v27n45p154.

 

O presente texto é parte de uma pesquisa coletiva que analisou, de forma comparativa, a cobertura jornalístico-esportiva dos Jogos Olímpicos de Londres/2012 (JO 2012) entre a Rede Record, detentora brasileira dos direitos de transmissão do evento, e as demais emissoras de TV aberta do país, com o interesse na cerimônia de abertura. Constituíram-se como corpus de análise os conteúdos veiculados, no dia da abertura, nos jornais da Record, da Globo e da Band. A fim de ampliar o conteúdo de comparações, optou-se, ainda, pelo monitoramento de postagens sobre a cerimônia no Twitter. A base teórico-metodológica utilizada foi a Análise de Enquadramento, comum à pesquisa maior. Na discussão, a cerimônia de abertura do megaevento esportivo se apresentou como um produto audiovisual propício ao entrelaçamento de características mercadológicas e interesses midiáticos-esportivos, que se refletiram no posicionamento, na construção do discurso e na veiculação dos conteúdos jornalísticos sobre os JO 2012.

PESQUISA EM MÍDIA-EDUCAÇÃO (FÍSICA): PESQUISA EM MÍDIA-EDUCAÇÃO (FÍSICA):

hot!
Adicionado em: 25/06/2015
Date modified: 25/06/2015
Tamanho: 298.17 kB
Downloads: 707

LEIRO, Augusto Cesar Rios; RIBEIRO, Sérgio Dorenski Dantas. Pesquisa em Mídia-Educação (Física): desafios formativos. Caderno de Formação RBCE, Florianópolis, v. 5, n. 2, p. 14-25, 2014.

RESUMO

O texto em tela apresenta uma rica e relevante experiência acadêmica, desenvolvida na ambiência escolar que tematizou a mídia nas aulas de Educação Física. A perspectiva qualitativa e a pesquisa-formação constituíram-se nas referências teóricas substantivas. Observação participante, diário de campo e entrevistas semiestruturadas com jovens de uma escola pública, no interior de Sergipe, foram os procedimentos metodológicos. O período de março de 2012 a março de 2013 constituiu-se no tempo dedicado à produção midiática dos/com os sujeitos de diálogo. A experiência investigativa, notadamente a criação de um jornal e de vídeos, proporcionou aos voluntários da pesquisa uma tomada de consciência acerca da possibilidade de protagonizar o fazer midiático, bem como uma re‡exão esclarecida e autônoma sobre o entrecruzamento de educação e mídia.