Capítulos de Livros

Acesso aberto aos capítulos de livros publicados pelos integrantes do LaboMídia em 2003/2004.

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos [ Descendente ]

Educação Física e Mdia Educação Física e Mdia

hot!
Adicionado em: 08/05/2012
Date modified: 08/05/2012
Tamanho: 118.45 kB
Downloads: 9666

BITENCOURT, Fernando Gonçalves; HACK, Cássia; LISBÔA, Mariana Mendonça; COSTA, Antonio Galdino; RIBAS DE OLIVEIRA, Márcio Romeu; RIBEIRO, Sérgio Dorenski. Resenha: BETTI, Mauro (org.) Educação Física e Mdia: novos olhares, outras práticas - inédito

RESUMO

Este trabalho é uma resenha do livro organizado pelo Prof. Mauro Betti intitulado “Educação Física e Mídia: novos olhares, outras práticas” que, como o título sugere, apresenta quatro textos que discutem os meios de comunicação e suas implicações para a Educação Física, seja na formação de professores, seja na sua atuação escolar e/ou midiático. Abordando temas como a TV, a internet e o virtual, reflete sobre perspectivas teóricas distintas, ampliando o espaço de debate e oferecendo análises consistentes sobre as problemáticas que envolvem os estudos no campo da Educação Física em suas interfaces com as diferentes mídias.

Mídia Mídia

hot!
Adicionado em: 09/05/2012
Date modified: 09/05/2012
Tamanho: 122.58 kB
Downloads: 1247

PIRES, Giovani De Lorenzi; HACK, Cássia. Mídia. In: GOMES, Christianne L. Dicioná¡rio crítico de lazer. Belo Horizonte: Autêntica, CELAR/UFMG, 2004.

RESUMO

Mídia: palavra aportuguesada do inglês Media, adotando a sua pronúncia. Origina-se do latim Media, forma plural de Medium = meio. Aplicada ao campo da comunicação social, é associada ao fenômeno de massa, sendo portanto também uma simplificação da expressão original em inglês mass media, ou meios de comunicação de massa.

Televisão Televisão

hot!
Adicionado em: 09/05/2012
Date modified: 09/05/2012
Tamanho: 125.4 kB
Downloads: 1322

PIRES, Giovani De Lorenzi; RIBEIRO, Sérgio Dorenski. Televisão. In: GOMES, Christianne, L. Dicionário crítico de lazer. Belo Horizonte: Autêntica, CELAR/UFMG, 2004.

RESUMO

O conceito de televisão já existia meio século antes de se tornar realidade, a exemplo do "telescópio elétrico" de Paul Nipkow, um disco explorador perfurado que divide a imagem em linhas e que foi patenteado em 1884. Outra invenção alemã foi o tubo de raios catódicos, um tubo de vácuo de vidro contendo um eletrodo que, quando aquecido emite uma corrente de elétrons. Entre 1923 e 1931, o americano Vladimir Zworykin produziu o iconoscópio, a primeira câmara de televisão do mundo. Hoje, existe um conceito técnico que significa transmissão de imagens animadas por meio de ondas eletromagnéticas.