Capítulos de livros

Acesso aberto aos Capítulos de Livros  publicados pelos integrantes do LaboMídia em 2012.

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos [ Descendente ]

GRANDES EVENTOS, GRANDES NEGÓCIOS? GRANDES EVENTOS, GRANDES NEGÓCIOS?

hot!
Adicionado em: 05/03/2013
Date modified: 05/03/2013
Tamanho: 663.42 kB
Downloads: 1527

MEZZAROBA, Cristiano; ANTUNES, Scheila. Grandes eventos, grandes negócios? Uma reflexão sobre repercussões dos grandes eventos esportivos no Brasil a partir do que é veiculado pela mídia. IN: OLIVEIRA, Ailton Fernando Santana; HAIACHI, Marcelo de Castro (Org.). Megaeventos esportivos e seus impactos nos estados periféricos: Ciclo de Debates em Estudos Olímpicos. São Cristóvão: Editora UFS, 2012.

RESUMO

Este ensaio teórico tem por objetivo estimular o leitor a refletir sobre como o esporte tem sido movimentado no Brasil a partir do momento em que o país tornou-se, aos olhos do mercado financeiro, um território potencialmente produtivo e lucrativo a partir da realização de megaeventos esportivos. Essa perspectiva que reforça a condição do esporte enquanto mercado e mercadoria, evidenciou-se quando a cidade do Rio de Janeiro foi sede dos Jogos Pan-Americanos em 2007. A realização de um evento desse nível impulsionou o Brasil a candidatar-se à sede para outros megaeventos esportivos, com proporções ousadamente maiores, neste caso, a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos também na capital fluminense em 2016.

O CORPO OBESO O CORPO OBESO

hot!
Adicionado em: 27/11/2012
Date modified: 27/11/2012
Tamanho: 9.51 MB
Downloads: 3449

MATOS, Keyte dos Santos; ZOBOLI, Fabio; MEZZAROBA, Cristiano. O corpo obeso: um corpo deficiente? Considerações a partir da mídia. In: SOUZA, Verônica dos Reis Mariano; SOUZA, Rita de Cácia Santos; ZOBOLI, Fabio; LIMA, Iara Maria Campelo (orgs.). Inclusão escolar da pessoa com deficiência: utopia. Aracaju: Criação, 2012, p. 91-110. (ISBN 9788562576256)

RESUMO

Este texto não tem a pretensão de classificar ou enquadrar a obesidade nos mesmos moldes da deficiência, porém, com base no corpo obeso queremos estabelecer um diálogo tensivo com a construção social da diferença e dos estigmas mediados a partir dela. Com o foco no estigma gerado a partir do corpo obeso traremos à baila algumas reflexões que se fundam sob o mesmo imaginário cultural que sustenta as tramas da (in)exclusão.

 

PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

hot!
Adicionado em: 04/12/2012
Date modified: 04/12/2012
Tamanho: 351.57 kB
Downloads: 4676

ZOBOLI, Fabio; MEZZAROBA, Cristiano. Pesquisa em Educação Física: refletindo e problematizando algumas tensões e perspectivas para os "filhos do casamento (in)feliz". In: SILVA, Neide de Melo Aguiar; RAUSCH, Rita Buzzi (Orgs.).Pesquisa em Educação: pressupostos epistemológicos e dinâmicas de investigação. Blumenau/SC: Edifurb, 2011, v. , p. 121-146.

RESUMO

A pesquisa, como bem sabemos, é algo que transcende aquela representação social em torno do cientista: não basta colocarmos o jaleco branco, acionarmos nossos instrumentos de trabalho (seja a prancheta e o bloco de anotações, ou mesmo aparelhos high tech para obtenção e processamento de dados) e redigirmos textos repletos de palavras e expressões rebuscadas, tabelas, gráficos e figuras que conotam a especificidade de uma determinada área (garantindo, com isso, a compreensão de uma parcela pequena, e, portanto, corporativista, daquilo que é produzido e socializado) para termos a garantia de que, enfim, realizamos uma pesquisa.

SAÚDE NA EDUCAÇÃO FÍSICA SAÚDE NA EDUCAÇÃO FÍSICA

hot!
Adicionado em: 08/05/2012
Date modified: 08/05/2012
Tamanho: 211.77 kB
Downloads: 5146

MEZZAROBA, Cristiano. Saúde na educação física: compreensões, reflexões e perspectivas a partir de um conceito amplo e social de saúde. In: ZOBOLI, F.; DANTAS JUNIOR, H.S.; KUHN, S. (orgs.). Educação física, esporte e sociedade: temas emergentes 5. São Cristóvão: Ed. UFS, 2012, p.25-42. ISBN 9788578222192

 

Historicamente e tradicionalmente, abordar o tema “saúde” para o campo da Educação Física sempre foi algo naturalizado, como algo que “naturalmente” ocorre seja nos nossos saberes (hegemonicamente articulados às ciências biológicas), seja em relação aos fazeres relacionados às intervenções (via atividade física, ginástica ou esporte) cuja responsabilidade recai aos professores e profi ssionais deste campo do conhecimento/campo profi ssional.