Detalhes de 04 - LUZ, CÂMERA E PESQUISA-AÇÃO

PropertyValue
Nome:04 - LUZ, CÂMERA E PESQUISA-AÇÃO
Descrição:

DIEGO DE SOUSA MENDES

LUZ, CÂMERA E PESQUISA-AÇÃO: A INSERÇÃO DA MÍDIAEDUCAÇÃO NA FORMAÇÃO CONTÍNUA DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA


O presente estudo tratou da temática da formação contínua de professores de Educação Física para a mídia-educação a partir de uma experiência concreta estabelecida entre o LaboMídia/ CDS/ UFSC e a Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis/ SC (S.M.E.). A investigação partiu do seguinte problema de pesquisa: Quais os saberes produzidos, incorporados e expressos na prática pedagógica dos professores de Educação Física em relação à mídia, a partir de uma experiência inicial de formação contínua? O estudo foi realizado com base em elementos metodológicos da pesquisa-ação e contou com a participação de 14 professores da rede municipal de Florianópolis. O campo foi constituído por duas etapas: na primeira delas ocorreu um curso de formação contínua, em que os participantes se apropriaram de conteúdos teóricopráticos para trabalharem com a mídia-educação nas escolas. O curso foi realizado no segundo semestre de 2006 e nele foram produzidos projetos de intervenção escolar. Três destes foram colocados em prática em escolas públicas da cidade. A segunda parte do estudo, realizada em 2007, foi destinada ao acompanhamento de uma intervenção específica, realizada por uma participante após a conclusão do curso de formação contínua. O intuito foi averiguar como os conhecimentos da formação foram levados ao cotidiano escolar. Os principais objetivos da investigação foram: promover a aproximação crítica dos professores de Educação Física com a mídia-educação; identificar e discutir as possibilidades, tendências e limites existentes no processo de formação contínua para a mídia-educação em Educação Física; compreender como os docentes passam a situar a mídia em seus cotidianos profissionais, após a formação contínua. Os dados foram obtidos com registro em Diário de Campo e realização de Grupos Focais ao final de cada uma das etapas. Para o tratamento dos dados foi utilizado o procedimento de Análise de Conteúdo. Os dados foram organizados em três eixos de análise. O primeiro eixo tratou dos significados expressos e incorporados pelos docentes a respeito da mídia no contexto profissional e pessoal. Constatou-se que os professores, no início da formação, concebiam a mídia apenas como instrumentalidade, ampliando suas compreensões ao longo do curso para o entendimento da mesma como objeto de estudo e em seu contexto produtivo (produção midiática na escola). O segundo se destinou especificamente a reflexividade. Os dados indicaram que a reflexão dos conflitos entre as crenças, a atuação dos docentes e os condicionantes da escola parecem ser responsáveis pela superação das relações estritamente técnicas com a mídia no âmbito educativo, além de avanços na percepção crítica da Educação Física e da instituição escolar. No último eixo foram apresentados elementos da cultura escolar que interferem na realização de práticas de mídia-educação e na perspectiva do trabalho docente reflexivo e coletivo. As considerações finais apontam que a formação contínua de professores de Educação Física para a mídia-educação é mais eficiente se realizado a partir dos saberes docentes e do contexto escolar, onde a realização de ações práticas é fundamental para o avanço das práticas pedagógicas dos docentes e das instituições escolares.

Nome do arquivo:diego.pdf
Tamanho: 3.01 MB
Tipo:pdf (Tipo de Mime: application/pdf)
Autor:Silvan
Criado em: 19/06/2012 10:29
Visitas:Everybody
Responsável:Silvan
Acessos:1070 Acessos
Atualizado em: 19/06/2012 10:30
Site:
CRC Checksum:
MD5 Checksum: